Justiça retira propaganda eleitoral na 23 de Maio, em SP

A Justiça Eleitoral de São Paulo retirou hoje 80 propagandas eleitorais irregulares colocadas ao longo da Avenida 23 de Maio, na zona sul da capital paulista. Foram retirados também outros três cavaletes de grande porte colocados junto à grade do viaduto na Ligação Leste-Oeste.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

08 de setembro de 2010 | 18h27

Em cumprimento à determinação do juiz da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, foram apreendidos 45 cavaletes em área verde, no canteiro central, que atrapalhava a passagem de pedestres, e 32 banners que estavam amarrados em árvores no jardim da avenida.

De acordo a legislação em vigor, não é permitida a colocação de propaganda eleitoral, de qualquer natureza, nas árvores e nos jardins localizados em áreas públicas, mesmo que não lhes cause dano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.