Justiça pede prisão preventiva de filho de Maluf

Flávio Maluf é acusado de não ter pago a pensão alimentícia aos filho e à ex-mulher, Jaqueline Torres

Agência Estado

29 de abril de 2008 | 21h48

A Justiça paulista pediu a prisão preventiva do empresário Flávio Maluf, filho do ex-prefeito de São Paulo e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Ele é acusado de não ter pago a pensão alimentícia aos filho e à ex-mulher, Jaqueline Lourdes Coutinho Torres. As informações são da Globo News.  No fim do ano passado, o empresário desembolsou R$ 868 mil para evitar a prisão decretada pelo Fórum de Pinheiros, na zona oeste da capital. A dívida era referente ao não-pagamento de pensão aos filhos e a ela.

Tudo o que sabemos sobre:
MalufSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.