Justiça obriga prefeito do Guarujá a demitir cunhado

A Justiça obrigou a Prefeitura do Guarujá, no litoral de São Paulo, a afastar o secretário de Educação e Esportes, Mohamed Ali Abdul Rahim, por ser cunhado do prefeito Farid Madi (PDT). A Secretaria de Assuntos Jurídicos havia alegado que a lei que veta o nepotismo exclui o cargo de secretário, mas o recurso foi negado. A prefeitura vai recorrer da decisão no Tribunal de Justiça. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.