Justiça nega habeas corpus para Jader Barbalho

O ex-senador Jader Barbalho teve o seu pedido de habeas corpus negado pela justiça Federal em Brasília esta madrugada. Barbalho teve prisão preventiva decretada pela Justiça Federal do Mato Grosso, como implicado em fraudes na Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia. O ex-senador do Pará não foi encontrado ainda pela Polícia Federal. Ele estaria fazendo campanha eleitoral, pois é candidato pelo PMDB a deputado federal pelo Pará. Jader teve a prisão preventiva decretada para evitar fuga. Os advogados de Barbalho vão tentar novo habeas corpus agora pela manhã, em Brasília, também.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.