Justiça marca novo depoimento de Nicolau

A Justiça Federal informou hoje que o segundo interrogatório do juiz Nicolau dos Santos Neto acontecerá no dia 8 de outubro, às 14h, no Fórum Criminal da Justiça Federal de São Paulo, para esclarecer o suposto recebimento de US$ 1 milhão em sua conta em Genebra, que teriam saído de três contas que o ex-senador cassado Luiz Estevão mantinha em Miami.O interrogatório atende ao processo que investiga o desvio de verbas das obras do Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo (TRT-SP), pelo qual o juiz é acusado de estelionato contra a entidade do direito público, formação de quadrilha, peculato e corrupção passiva. Segundo o órgão, o processo aguardava o depoimento de uma testemunha da defesa, uma brasileira que mora na França, que seria ouvida por carta rogatória. No entanto, o prazo para o depoimento está esgotado e, dessa forma, o processo segue normalmente seu curso. Já foram interrogados pela segunda vez para explicar a transferência do dinheiro os empresários José Eduardo Corrêa Teixeira Ferraz e Fábio Monteiro de Barros Filho, também acusados no processo, no dia 24 de agosto. Hoje, a Justiça interrogou, pela segunda vez, o ex-senador Luiz Estevão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.