Justiça manda soltar padre acusado de pedofilia

A justiça concedeu nesta segunda-feira habeas-corpus ao pároco Paulo Sérgio Barbosa, da Paróquia de São José, em Corumbataí (SP), acusado de pedofilia. Barbosa estava preso desde sexta-feira, quando foi flagrado por policiais militares praticando sexo com um adolescente de 15 anos, às margens de um canavial, em Piracicaba. No sábado, o padre foi encaminhado para a cadeia de São Pedro.O juiz da 2ª Vara Criminal de Piracicaba, Wander Rosseti Júnior, decidiu pela soltura de Barbosa para que ele responda em liberdade pelo crime de corrupção de menores. O juiz argumentou que o padre é réu primário.Segundo o bispo de Piracicaba, dom Eduardo Koaik, Barbosa ficará afastado até que seja o caso seja julgado. Ele informou que o pároco está emocionalmente abalado e fará um tratamento psicológico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.