Justiça manda soltar ex-deputado acusado de corrupção

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na noite desta terça-feira revogar a prisão do ex-deputado estadual capixaba José Carlos Gratz. Suspeito de corrupção e lavagem de dinheiro por meio do suposto pagamento de propinas a deputados para se reeleger como presidente da Assembléia, Gratz estava preso na Polícia Federal em Vitória desde fevereiro.O ex-deputado foi beneficiado por um princípio do direito segundo o qual, quando há empate em um julgamento, deve prevalecer a decisão mais favorável ao réu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.