Justiça manda sem-terra deixarem área invadida no RS

A Justiça concedeu a reintegração de posse ao proprietário da Granja Bela Vista e determinou que o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) desocupe a área rural, localizada no interior do município de Sananduva, no norte do Rio Grande do Sul. O destacamento da Brigada Militar que foi para o local logo depois da invasão, na madrugada de segunda-feira, espera por reforços para executar o despejo das 150 pessoas que montaram acampamento dentro da propriedade. Outro dois grupos do MST mantêm ocupações de uma área da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) em Vacaria e de uma propriedade rural em Viamão desde segunda-feira. Os sem-terra querem liberação de recursos para assentamento de mil famílias acampadas no Estado.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

27 Setembro 2011 | 19h42

Mais conteúdo sobre:
sem-terraJustiçaRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.