Justiça manda PF suspender a greve em São Paulo

A Advocacia-Geral da União informou na noite desta terça-feira, em nota, que os advogados públicos em São Paulo conseguiram no Tribunal Regional Federal na Terceira Região liminar suspendendo a greve dos agentes da Polícia Federal no Estado.O desembargador Johonsom Di Salvo, relator do processo, concordou com a defesa da União de que o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu que a paralisação dos servidores públicos é ilegal enquanto não for regulamentada.O desembargador determinou uma multa diária de R$ 60 mil caso a Federação Nacional dos Policiais Federais Civis e o Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Federal em São Paulo não acatem a decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.