Justiça garante cotas em universidade de SC

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região julgou procedente recurso da Universidade Federal de Santa Catarina contra liminar dada a uma candidata ao curso de Engenharia Mecânica. O TRF entendeu que a instituição tem autonomia para implantar cotas no ingresso de alunos. A vestibulanda obteve liminar que reduzia, apenas para ela, o porcentual de reserva de vagas de 20% para 10% (alunos egressos do ensino público) e de 10% para 5% (negros).

O Estadao de S.Paulo

15 de março de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.