Justiça francesa constitui grupo para rastrear dinheiro de Maluf

A Justiça francesa constitui um grupo de trabalho para investigar a origem do ?1,738 milhão de euros do ex-prefeito Paulo Maluf no Crédit Agricole. O objetivo é restabelecer o circuito por onde o dinheiro passou até o depósito na agência de Paris do Crédit Agricole. Segundo a Justiça francesa, por enquanto, Maluf não foi indiciado, só existem suspeitas sobre o dinheiro depositado na conta aberta em seu nome e de sua mulher Silvia Maluf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.