Justiça determina soltura de político acusado de corrupção

Os ministros da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinaram nesta terça-feira a libertação do presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, José Carlos de Oliveira (PSL-RO), o Carlão. O parlamentar estava preso pela última vez desde setembro sob a acusação de que teriam sido encontradas armas em sua residência. Os advogados alegaram que a prisão era ilegal porque não houve flagrante nem ordem judicial para determiná-la. Carlão foi preso pela primeira vez durante uma operação para investigar suposta organização criminosa que atuava no Estado de Rondônia com o objetivo de desviar recursos públicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.