Justiça determina soltura de ex-prefeito de Jandira-SP

A Justiça determinou hoje a soltura do ex-prefeito do município de Jandira (SP) Paulo Bururu, preso ontem. A assessoria do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo informou apenas que a decisão foi tomada ainda na noite de quarta-feira e não forneceu mais informações.

MARÍLIA LOPES, Agência Estado

31 de março de 2011 | 10h20

Bururu foi preso após uma operação do Ministério Público e da Polícia Civil. A ação investiga corrupção e irregularidades no fornecimento de merendas na cidade entre 2001 e 2009. Apesar disso, o ex-prefeito foi preso pelo porte de duas armas de fogo sem registro.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências de Damásio Nunes de Carvalho, ex-chefe do Departamento de Merenda Escolar de Jandira, Paulo Fernandes Cubaquini, ex-secretário municipal de Educação, e Júlio Eduardo Lima, candidato à sucessão de Bururu na prefeitura, derrotado nas últimas eleições. Todos são suspeitos de receber vantagens financeiras da empresa responsável pela provisão de merendas escolares.

A polícia apreendeu controles de pagamentos, escrituras públicas de imóveis, dinheiro, arquivos digitais e outros documentos. O ex-prefeito teve ainda dois imóveis de alto padrão sequestrados pela Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.