Justiça determina reintegração de posse de fazenda de Dantas

Desde o último dia 25, cerca de 200 membros do MST ocupam a propriedade do banqueiro no Pará

Elvis Pereira, do estadao.com.br

01 de agosto de 2008 | 19h49

A juíza Maria Aldecy de Souza Pissolati, da Comarca de Marabá, determinou nesta sexta-feira, 1º, a reintegração de posse da Fazenda Maria Bonita, em Eldorado do Carajás, no sul do Pará. Desde o último dia 25, cerca de 200 membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) ocupam a propriedade, pertencente à Agropecuária Santa Barbará Xinguara, do Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.  Segundo o despacho de Maria Aldecy, a Polícia Civil relatou que funcionários da fazenda informaram que a área é produtiva e conta com cerca de 60 empregados que, além de trabalhar, moram no local com suas famílias. A Polícia Militar deverá responder pelo contingente necessário para assegurar o cumprimento da ordem judicial. Foi estipulada multa diária de R$ 1 mil para cada pessoa que descumprir a decisão.

Tudo o que sabemos sobre:
Daniel Dantas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.