Justiça determina prisão de líder do MST

A Justiça determinou nesta terça-feira a expedição de mandado de prisão contra o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), José Rainha Júnior.A decisão foi do Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo, que julgou um recurso em favor do líder dos sem-terra. Ele já havia sido condenado no primeiro julgamento e o TJ apenas manteve a decisão. A pena de Rainha é de dois anos e oito meses de prisão em regime fechado por porte ilegal de arma. Ele está foragido desde o anúncio da decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.