Justiça condena prefeito de Curitiba

O juiz substituto da 3ª Vara da Fazenda Pública, Falências e Recuperação de Empresas de Curitiba, Otávio Rodrigues Gomes do Amaral, condenou o prefeito Beto Richa (PSDB) a ressarcir o município dos R$ 603 mil gastos em publicidade sobre redução de tarifa de ônibus veiculada em 2005. O juiz considerou que houve desvio de finalidade, pois a propaganda se destinaria a dar satisfação de uma promessa de campanha. A prefeitura vai recorrer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.