Justiça coloca Tony Cloves no debate da TV em Alagoas

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) decidiu hoje à tarde atender o pedido feito pelo candidato Tony Cloves (PCB) para incluí-lo entre os postulantes ao governo do Estado que irão participar do debate da TV Gazeta/Globo. A decisão foi tomada por unanimidade depois que os advogados dele contestaram na Justiça o veto imposto pela TV Gazeta à participação do candidato no debate promovido pela emissora e marcado para hoje à noite.

RICARDO RODRIGUES, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 18h39

Até então, a emissora vinha divulgando que apenas cinco dos seis candidatos ao governo de Alagoas participaria do debate. Só estavam confirmados Fernando Collor (PTB), que é dono da emissora; Ronaldo Lessa (PDT), Teotonio Vilela Filho (PSDB), Mário Agra (PSOL) e Jefferson Piones (PRTB).

A emissora alegou que Cloves tinha sido excluído porque seu partido não tem representação no Congresso Nacional. Por isso, segundo a TV Gazeta, a legislação eleitoral concederia à empresa o direito de não convidar o candidato do PCB.

"A Justiça foi feita", disse Cloves, em entrevista à imprensa dada logo após a decisão do TRE-AL. Para o candidato, a decisão corrige uma "injustiça", "uma discriminação". Ele agradeceu o apoio da imprensa e a solidariedade das pessoas que se manifestaram em defesa de sua presença no debate.

"Não tinha sentido me deixar de fora, afinal eu participei de todos os debates, inclusive da TV Pajuçara, filiada à Record", afirmou. Até o final da tarde, a emissora não tinha se manifestado se iria recorrer ou não da decisão da Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.