Justiça autoriza Bispo Rodrigues a trabalhar

A Justiça Federal do Distrito Federal autorizou nesta terça-feira, 28, que o ex-deputado federal Bispo Rodrigues trabalhe ao mesmo tempo em que cumpre sua pena, decorrente do julgamento do mensalão. Rodrigues, que foi deputado pelo PL, atual PR, cumpre pena de 6 anos e 3 meses no regime semiaberto no presídio da Papuda, em Brasília, desde o dia 5 de dezembro de 2013. Ele foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Assim, ele se junta a outros condenados no mesmo processo que já foram autorizados a trabalhar, como o ex-tesoureiros do PT, Delúbio Soares, e o ex-deputado Pedro Henry (PP-MT). Em razão da decisão, Bispo Rodrigues deixará de cumprir pena na Papuda e irá para o Centro de Progressão Provisória, também em Brasília, onde ficam os detentos que a Justiça autorizou trabalho externo.

EQUIPE AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2014 | 22h44

Tudo o que sabemos sobre:
mensalãoBispo Rodriguestrabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.