Justiça aceita denúncia do MP na Operação Avalanche

A Justiça Federal informou hoje que aceitou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra quatro investigados na Operação Avalanche, que prendeu ao todo 17 pessoas, inclusive o empresário Marcos Valério. Segundo informações da Justiça, a juíza Paula Mantovani Avelino, da 1ª Vara Federal Criminal, aceitou a denúncia contra o policial federal Francisco Pellicel Júnior, o investigador da Polícia Civil paulista Edisom Alves Cruz e os empresários Afonso José Penteado Aguiar e Eduardo Roberto Peixoto. Segundo a denúncia do MP, Pellicel Júnior e Cruz teriam se associado a Aguiar e Peixoto para tentar extorquir um empresário paulistano. "Verifico que a denúncia está formalmente em ordem, bem como encontram-se presentes a justa causa, as condições e pressupostos da ação, de modo a autorizar o seu recebimento", disse a juíza. Os denunciados terão dez dias para responder à acusação.A Operação Avalanche foi deflagrada pela polícia em 8 de outubro, quando nove prisões temporárias e oito preventivas foram decretadas, entre elas a de Valério, réu no caso do mensalão. As investigações tiveram início em 2007, para avaliar inicialmente a apropriação indevida de dinheiro apreendido durante operação de fechamento de bingos e que culminou com a descoberta de diversos outros crimes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.