Justiça aceita denúncia contra Silverinha

O juiz da 3ª Vara Federal Criminal, Lafredo Lisbôa, acolheu hoje a denúncia do Ministério Público Federal contra os cinco fiscais estaduais e oito auditores federais acusados de enviar ilegalmente US$ 33,4 milhões para a Suíça. Com a decisão, o ex-subsecretário de Administração Tributária do Estado na administração Anthony Garotinho (PSB) Rodrigo Silveirinha Corrêa e outros 12 funcionários serão processados por até sete crimes: lavagem de dinheiro, formação de bando, falsidade ideológica, concussão (extorsão praticada por funcionário público), evasão de divisas, omissão de informações às autoridades fazendárias e exigência de vantagem para não cobrar tributo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.