Justiça aceita denúncia contra pediatra pedófilo

O juiz da 10ª Vara Criminal, Miguel Marques e Silva, aceitou hoje a denúncia do Ministério Público contra o pediatra Eugênio Chipckevitch, acusado de pedofilia, dando assim início ao processo-crime. O interrogatório do médico foi marcado para o próximo dia 14. A audiência será fechada, pois o processo corre em segredo de justiça.Eugênio é acusado de doze atentados violentos ao pudor, 11 crimes de violação de imagens, (ele documentou clandestinamente em 35 fitas atos de abuso sexual) e corrupção de menores. Todas as vítimas eram clientes do pediatra e, antes dos abusos, eram dopadas em seu consultório. A pena prevista para esses crimes vai de 84 a 228 anos de prisão. O pediatra está preso preventivamente desde o dia 21 de abril no 13º Distrito Policial.A defesa pretende ingressar com habeas corpus, ainda este semana, no Tribunal de Justiça pedindo o benefício da liberdade provisória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.