Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Jurados se reúnem para o veredicto no caso Celso Daniel

Pouco antes das 17h, os sete jurados do conselho de sentença do júri em Itapecerica da Serra (SP) se reuniram na sala secreta para dar o veredicto no julgamento de Marcos Roberto Bispo dos Santos, apontado pelo Ministério Público como um dos executores do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), morto em janeiro de 2002. O resultado pode sair a qualquer momento.

FAUSTO MACEDO, Agência Estado

18 de novembro de 2010 | 17h25

Após cinco horas de debates, os jurados - cinco mulheres e dois homens - vão responder a seis quesitos preparados pela Justiça. Santos não compareceu ao júri, já que está foragido. A Justiça decretou sua prisão preventiva na última sexta-feira porque ele não foi localizado em seu endereço.

Segundo o promotor Francisco Cembranelli, que faz a acusação, Santos participou do arrebatamento da vítima, na noite de 18 de janeiro de 2002. O promotor sustenta que Santos conduziu uma perua Blazer com Celso Daniel mantido refém até um cativeiro na favela Pantanal, em Diadema. Depois, em um carro Santana, Santos teria conduzido Celso Daniel para outro cativeiro, em Juquitiba, próximo a Itapecerica da Serra. O promotor pede a condenação do acusado por homicídio triplamente qualificado, com pena máxima de 30 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.