Junta médica faz exames em Genoino

STF determinou perícia depois de o petista condenado no mensalão ter passado mal na cadeia

Ricardo Della Coletta, O Estado de S. Paulo

23 de novembro de 2013 | 14h16

BRASÍLIA - A junta médica que vai analisar o deputado federal licenciado José Genoino (PT-SP) já está no Instituto de Cardiologia, em Brasília. A perícia foi pedida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),Joaquim Barbosa, que quer saber se o parlamentar condenado a 4 anos e 8 meses no processo do mensalão tem condições de saúde para cumprir sua pena na penitenciária ou se deve ficar em prisão domiciliar.

A junta médica é formada por cinco cardiologistas indicados pela Universidade de Brasília (UnB).

Um novo boletim médico sobre a saúde do parlamentar é esperado para o final da tarde deste sábado, 23, segundo informou a assessoria de imprensa do Instituto de Cardiologia. O último comunicado sobre Genoino foi divulgado na sexta-feira e descartou a possibilidade do deputado licenciado ter sofrido enfarte do miocárdio na Penitenciária da Papuda (DF), na última semana, quando foi hospitalizado.

O documento diz que o quadro de Genoino é estável, mas afirma que ele deve permanecer hospitalizado até a sua pressão arterial estar controlada. Isso é necessário, segundo o boletim, para não comprometer o resultado de uma cirurgia cardíaca que Genoino fez em julho.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.