Jungmann quer cassação de prefeito no interior de SP

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Raul Jungmann, pediu a cassação do mandato do prefeito de Presidente Prudente, Agripino Oliveira Lima (PTB), que elogiou o fazendeiro Roberto Junqueira por atirar no líder sem-terra José Rainha. Ao visitar Junqueira na prisão, Agripino lamentou por ele ter "deixado escapar a raposa." "É inaceitável que um homem que tenha sido ungido pelo voto faça uma declaração como essa. Ele tem responsabilidade. Incita a violência e vai na contramão de um país que, neste instante, quer paz e tranqüilidade", declarou Jungmann, confirmando que o Incra apresentou representação no Ministério Público contra o prefeito."Declarações como essa são absolutamente reprováveis e lamentáveis. Ele se despe de seu mandato, dá uma contribuição muito negativa para toda essa questão. Acho que tem que ser punido, se possível com a perda do mandato", completou Jungmann, pré-candidato do PMDB à Presidência da República, ao deixar o Hotel Glória, no Rio, onde apresentou sua proposta para segurança púbica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.