Jungmann nega reunião do Incra com MST

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Raul Jungmann, afirmou há pouco, por intermédio de suaassessoria de Imprensa, que, diferentemente do que anunciaram os sem-terra que ocupam a fazendaRenascença, em Uruana, em Minas Gerais, não está marcada para as 9 horas desta quinta-feira audiência entre líderes do Movimento dosTrabalhadores Sem Terra (MST) e dirigentes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).Segundo assessores,o ministro Jungmann admite a possibilidade de uma reunião com o MST, mas afirma que é necessária, primeiro, a desocupaçãoda fazenda (pertencente ao embaixador do Brasil na Itália, Paulo de Tarso Flecha de Lima)."Depois da desocupação é que se marca odia e a hora para o encontro", disse Jungmann.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.