Jungmann é "provocador irresponsável", diz Itamar

O governador de Minas Gerais, Itamar Franco, respondeu hoje à noite as críticas do ministro da Reforma Agrária, Raul Jungmann, que acusou o governo de Minas Gerais de "não promover a segurança dos moradores e do prefeito da cidade de Buritis". O governador garantiu que enviou ao gabinete da Presidência da República e ao gabinete do general Alberto Cardoso informações sobre o trabalho da Polícia Militar de Minas Gerais durante todos os episódios de tentativa de invasão em Buritis. Itamar classificou Jungmann como um "provocador irresponsável". "Só lamento que este indivíduo tenha ganhado emprego a mim solicitado durante meu período na Presidência da República" concluiu Itamar, por meio de sua assessoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.