Julgamento do mensalão: TV Estadão tem programação especial

A partir das 13h30 desta quarta-feira, especialistas e jornalistas do 'Estado' comentam a sessão do Supremo que poderá decidir pela continuidade ou não do processo

O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2013 | 08h56

A TV Estadão leva ao ar, nesta quarta-feira, 18, a partir das 13h30, programação especial para acompanhar a sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) que pode ou não marcar a conclusão do processo do mensalão.

 

A Corte decide se aceita a possibilidade de 12 dos 25 condenados apresentarem os chamados embargos infringentes, recurso previsto em lei para contestar decisões em que ao menos quatro dos 11 ministros tenham votado pela absolvição em um determinado crime. Dez ministros já se pronunciaram e o placar está empatado em cinco a cinco. O voto de Minerva será dado nesta quarta pelo decano da Corte, ministro Celso de Mello.

 

O início da sessão está previsto para as 14h. No estúdio, professores, cientistas políticos e jornalistas do Estado vão comentar todos os pontos do julgamento do mensalão e acompanhar em tempo real o voto de Celso de Mello. Repórteres em São Paulo, no Rio e Brasília também participam da cobertura.

 

Se Celso de Mello votar pela admissão dos embargos infringentes, os réus podem então apresentar os recursos e pedir novo julgamento. Um ministro será sorteado para ser o relator desta nova etapa que, em razão dos prazos legais, avançará por 2014. Caso os infringentes sejam recusados, a decisão é publicada no Diário Oficial da Justiça e os condenados podem ter a prisão decretada.

Mais conteúdo sobre:
mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.