Julgamento de ministro é suspenso

O julgamento, no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, da representação contra o senador licenciado e ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, foi transferido após pedido de vistas do juiz Ari Moutinho, que tem até 48 horas para a revisão. A representação movida pelo presidente regional do DEM e ex-concorrente à vaga no Senado, Pauderney Avelino, pede a impugnação da prestação de contas de Nascimento das eleições de 2006 ao Senado. O Ministério Público Estadual quer também cassar o diploma do senador e nova eleição. O relator rejeitou o pedido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.