Julgamento de governador é suspenso

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a julgar ontem o destino do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), que é acusado pela oposição de abuso de poder econômico e de autoridade durante a campanha de 2006.O relator do caso no TSE, ministro Eros Grau, votou a favor da cassação do governador e do vice, Luís Carlos Porto, e a conseqüente posse da segunda colocada, a senadora Roseana Sarney (DEM-MA). Mas, após o voto, o julgamento foi interrompido por um pedido de vista do ministro Félix Fischer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.