Juízes respondem às criticas de FHC

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajubb), juiz Flávio Dino, respondeu hoje, por meio de nota, as críticas do presidente Fernando Henrique Cardoso, feitas ontem no Rio de Janeiro, contra a lentidão do Judiciário. O presidente da Ajubb disse que espera que o presidente da República seja daqui para a frente um parceiro na solução dos problemas do Judiciário. "Assim, estamos aguardando o empenho dele e da sólida base governista no Congresso para aprovar a reforma do Judiciário - que tramita há dez anos - e as mudanças nas leis processuais civis e penais", afirma a nota da Ajubb. O juiz acrescenta ainda que interpreta as críticas do presidente Fernando Henrique como um apoio ao projeto de lei que cria 181 novas Varas Federais e que será encaminhado nas próximas semanas ao Congresso Nacional. "Afinal, se ele está tão preocupado com a morosidade da Justiça, certamente concordará que não é razoável 831 juízes federais conduzirem 2,9 milhões de processos", conclui o juiz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.