Juízes reagem contra corte no Judiciário

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) manifestaram, em nota oficial, apoio integral à decisão dos presidentes do Supremo Tribunal Federal e dos tribunais superiores de pedir ao presidente Fernando Henrique Cardoso que forneça dados que justifiquem o corte de R$ 78,5 milhões recomendado ao Poder Judiciário pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e pelo Ministério da Fazenda. "Realçamos que, embora seja ínfimo o impacto do corte proposto, em relação ao Orçamento Geral da União, ele atinge parcela expressiva dos recursos destinados a custeio e investimentos do Poder Judiciário, diminuindo verbas já aquém do crescimento do número de processos e da produtividade dos juízes", afirmam os presidentes da Ajufe, Flávio Dino, e da Anamatra, Gustavo Alkmin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.