Juízes querem reduzir corte no orçamento do Judiciário

Apesar de, inicialmente, terem concordado com um corte de R$ 111,5 milhões no orçamento do Judiciário deste ano, os presidentes dos tribunais superiores tentarão sensibilizar o presidente Fernando Henrique Cardoso a diminuir esse valor. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nilson Naves, explicou que, se nada for feito, obras da Justiça Federal em fase de acabamento ficarão comprometidas, além dos investimentos em informática. Na Justiça do Trabalho, a conclusão da sede do Fórum Trabalhista de São Paulo poderá parar ou diminuir de ritmo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.