Juízes farão curso para lidar com usuários de drogas

Os juízes, promotores e defensores públicos vão participar de um programa de capacitação para atendimento a usuários e dependentes químicos, assim que for aprovada a nova lei sobre drogas, em tramitação no Senado. A informação foi dada pelo secretário nacional de Políticas Antidrogas, Paulo Roberto Uchoa.Com a nova lei, os usuários de drogas não receberão mais a pena de restrição de liberdade e deverão ser encaminhados ao Juizado Especial. O programa de treinamento será realizado pelo Fórum Nacional de Juizados Especiais e pela Secretaria Nacional de Políticas Antidrogas. Segundo o secretário, a adaptação à nova lei envolve também os Ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Social. "O Ministério da Saúde terá que criar uma rede de atendimento para os usuários. Temos que criar também uma rede social, com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e participação de grupos de auto-ajuda e comunidades terapêuticas para que possam dar apoio à rede pública de tratamento", acrescentou Uchoa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.