Juízes do DF discutem reforma da Previdência

Juízes do Distrito Federal estão reunidos hoje no Tribunal de Justiça do DF para discutir a proposta de reforma da Previdência. Os presidentes de associações dos juízes do Trabalho e militar do Distrito Federal e dos magistrados brasileiros, além de representantes de associações do Ministério Público, consideram que o fim de algumas garantias, como a aposentadoria integral, poderá desmontar a carreira, comprometendo a qualidade da prestação dos serviços judiciais. Apesar de afirmarem que no momento não está sendo planejada uma paralisação, os juízes não descartam essa possibilidade se não conseguirem convencer o Legislativo a modificar o projeto. No final da tarde os procuradores da República e integrantes do Ministério Público dos Estados terão encontro com o procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, e com o procurador-geral da República indicado pelo presidente Lula, Cláudio Fontelles, para discutir o mesmo assunto. Amanhã, os presidentes de tribunais de todo o País e presidentes de associações de juízes vão se reunir com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Maurício Correa, para firmar uma posição institucional do Judiciário sobre as reformas previdenciária e do judiciário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.