Juiz veta participação de Lula em programa do PP na PB

Com apoio das direções estadual e nacional do PT, a coligação encabeçada pelo PP de Campina Grande (PB) vai recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE) contra decisão do juiz eleitoral Ruy Jander, que mandou tirar do programa eleitoral gratuito na TV a participação do ex-presidente Lula pedindo votos para a candidata a prefeita Daniella Ribeiro, irmã do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro.

ADELSON BARBOSA DOS SANTOS, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 18h53

Jander mandou tirar a gravação de Lula do programa eleitoral da candidata do PP, acatando pedido do candidato do PT a prefeito de Campina Grande, Alexandre Almeida. O PT de Campina Grande contrariou as direções estadual e nacional e apresentou candidatura própria a prefeito da segunda maior cidade da Paraíba. A orientação do PT estadual foi fazer coligação com o PP, em apoio a Daniella Ribeiro.

Segundo o advogado da coligação encabeçada pelo PP, André Motta, a manifestação do ex-presidente Lula em apoio a Daniella Ribeiro não cita o PT. "Queremos que a Justiça Eleitoral reconsidere a decisão do juiz de Campina Grande, para que possamos continuar usando a fala do ex-presidente Lula em apoio a Daniella", disse o advogado.

O recurso contra a decisão do juiz Ruy Jander deve ser protocolado nesta sexta no TRE da Paraíba. Conforme Motta, quem está usando indevidamente a fala do ex-presidente Lula é o candidato do PT. "Ele (Alexandre Almeida) colocou no ar, no programa eleitoral da TV, uma fala antiga de Lula", disse.

De acordo com o advogado, o presidente estadual do PT, Rodrigo Soares, está juntando provas que serão anexadas ao processo de expulsão de Alexandre Almeida do PT, depois que a pendência for resolvida no âmbito da Justiça Eleitoral.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012Campina GrandeLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.