Juiz reage e assaltante acaba baleado

O juiz de direito Fernando Sebastião Gomes, de 52 anos, munido de uma pistola de calibre 22 enfrentou sozinho dois ladrões no fim da tarde de ontem na Avenida Juscelino Kubitschek, no Itaim-Bibi, zona sul, baleando um deles e provocando a fuga do outro. Alexandre dos Santos Oliveira, de 18 anos, baleado, obrigou um motorista a levá-lopara o Hospital São Luís, no Morumbi, onde alegou que fora vítima de roubo.Uma das balas parou no peito, abaixo da pele, causando um ferimento considerado leve. O outro tiro acertou a perna e não provocou fratura. Oliveira foi liberado e autuado no 15.ºDistrito Policial. Confessou ter atirado no juiz e o revólver calibre 32 que usou, cuja numeração estava raspada, foi encontrado e entregue à polícia. Oliveira disse que assalta quase todos os dias motoristas de carros importados na região do Itaim-Bibi e Jardins levando relógios, celulares e dinheiro. Está sempre de moto.Ataque - O juiz, que trabalha no Fórum João Mendes, estava em seu Audi A6, no trânsito lento e percebeu a aproximação dos dois homens na moto. Desconfiou tratar-se de ladrões e teve confirmada a suspeita ao ver a arma na mão deOliveira, que estava na garupa. Gomes pegou sua pistola calibre 22, de fabricação argentina, e passou a observar os dois pelo retrovisor.Quando viu que o juiz estava armado, Oliveira deu um tiro tentando acertá-lo. A bala parou na coluna esquerda do carro. O juiz reagiu e baleou Oliveira, que caiu da moto. Continuou atirando e acredita ter acertado o outro ladrão, que fugiu na moto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.