Juiz manda MST desocupar fazenda da Cutrale

O juiz da 2ª Vara Cível de Lençóis Paulista, Mário Ramos dos Santos, determinou no final da tarde desta quarta-feira a reintegração de posse da Fazenda Santo Henrique, da empresa de suco de laranja Cutrale, invadida desde a manhã por 300 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST). Na liminar, o magistrado reconheceu a reiterada desobediência do MST à ordem judicial e se referiu aos prejuízos computados em cada invasão para decidir pela saída imediata dos ocupantes. Um oficial de justiça esteve na fazenda no início da noite para entregar a notificação aos líderes dos sem-terra. O MST informou que vai cumprir a decisão judicial, mas pretende negociar com a Polícia Militar um prazo para a saída pacífica da área.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 18h26

Tudo o que sabemos sobre:
MSTinvasãoBorebiJustiça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.