Juiz decreta prisão de 13 líderes do MST, inclusive Rainha

O juiz de Teodoro Sampaio Athis Araújo decretou nesta quinta-feira a prisão de 13 líderes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), na região do Pontal do Paranapanema, no extremo oeste paulista. Destes, seis, incluindo uma mulher, já foram presos. Segundo informação do site da Globo News, entre os 13 que tiveram a prisão decretada está o líder do MST no Pontal, José Rainha Jr., que está foragido. Todos são acusados do crime de formação de quadrilha.A Justiça acatou denúncia do Mast (Movimento dos Agricultores Sem Terra), que também atua na região do Pontal. Segundo o Mast, os integrantes do MST estariam impedindo, sob ameaças, a entrada dos sem-terra do outro movimento na fazenda Guaná Mirim, em Euclides da Cunha, que já foi dividida para fins de reforma agrária para as duas organizações pela Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo.Os cinco integrantes do MST detidos foram encaminhados para a cadeia de Presidente Venceslau. A mulher presa foi levada para a cadeia feminina de Piquerobi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.