J.F. Diório/Estadão - 11.09.2008
J.F. Diório/Estadão - 11.09.2008

Juiz da Lava Jato disse que Justiça é ineficiente diante de crimes de colarinho branco

Sergio Moro criticou morosidade do sistema judiciário e afirmou que está preocupado com o nível de ofensas no debate sobre corrupção

José Roberto Castro, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2015 | 11h44

Texto atualizado às 12h13

SÃO PAULO - O juiz responsável pelas ações penais da Operação Lava Jato, Sérgio Moro, criticou nesta sexta-feira, 3, a morosidade Justiça e afirmou que o sistema "é mais ineficiente" quando envolve crimes de colarinho branco.  

"Nosso sistema, além de moroso, é mais ineficiente contra crimes de colarinho branco", disse Moro durante o 10° Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, em São Paulo.

Moro afirmou ainda que vê com preocupação a polarização excessiva das discussões sobre corrupção no Brasil. Avisando que não poderia entrar no mérito das investigações da operação em palestra, Moro disse que em suas funções tenta não ser ofensivo com investigados. "Temos que tratar todo mundo com respeito", afirmou.

"Vejo com preocupação quando o debate cai para um nível ofensivo. Seja contra acusados, contra o PT ou contra mim", disse Moro, lembrando de ofensas que já sofreu. Perguntado pelo moderador do evento se já havia sofrido ameaças, disse que não concretamente, mas que tomava precauções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.