Juiz aceita denúncia contra quatro sem-terra

O juiz da Vara Criminal de Carazinho, Orlando Faccini Neto, aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público e vai abrir processo contra quatro líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) pelas invasões da Fazenda Coqueiros, em Coqueiros do Sul, no noroeste do Rio Grande do Sul. Silvio dos Santos, Isaias Vedovato, Edenir Vassoler e Ivan Maroso de Oliveira foram acusados pelo promotor Denilson Belegante pelos danos qualificados, furtos, crimes ambientais e incêndios ocorridos durante as quatro vezes que o MST montou acampamento dentro da propriedade rural de 7 mil hectares entre abril de 2004 e março de 2006. O juiz marcou a primeira audiência do processo para o dia 9 de agosto.

Agencia Estado,

03 de julho de 2006 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.