Jucá: parte da base já aceita cargo para oposição na CPI

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) afirmou hoje que está confiante em um entendimento com a base aliada para que um dos cargos de comando da Comissão Parlamentar de Inquérito mista dos cartões corporativos seja cedido à oposição. "Não sou mais uma voz isolada. Alguns líderes da Câmara e do Senado já estão defendendo isso (dar um dos cargos à oposição)". Ele informou que provavelmente na terça-feira vai se reunir com o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, para levar um mapa dos partidos aliados favoráveis a que o governo dê a presidência da CPI mista para o PSDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.