Jucá nega que liderança de Pimentel seja temporária

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), considerou hoje "sem fundamento" a informação de que o recém-indicado líder do governo no Congresso, senador José Pimentel (PT-CE), permaneceria no cargo somente este ano, cabendo ao PMDB retomar o posto na próximo ano legislativo. "É a presidente quem escolhe os líderes, não acho que ela chamaria alguém para ser líder por quatro meses", alegou.

ROSA COSTA, Agência Estado

12 de setembro de 2011 | 19h30

Jucá chamou de "vencida" a expectativa de seu partido de indicar o sucessor de Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS) para a função. Líder do Congresso, o deputado se licenciou do mandato para assumir o cargo de ministro da Agricultura no lugar de Wagner Rossi (PMDB), que pediu exoneração depois de ser acusado de envolvimento em irregularidades na Pasta e na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.