Jucá: líderes vão pedir urgência para o Ficha Limpa

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou hoje que os líderes partidários vão pedir urgência constitucional para o projeto Ficha Limpa. A proposta pretende proibir que candidatos condenados por colegiados do Judiciário possam concorrer a cargo eletivo. "Daremos urgência para tudo: mantêm as do pré-sal, que já existem; a das MPs (medidas provisórias), que já trancam a pauta; e o ficha limpa", afirmou.

LEONARDO GOY, Agência Estado

18 Maio 2010 | 12h54

Ele disse que vai propor um mutirão para votar tudo isso na próxima semana. Jucá afirmou ainda que vai pedir a substituição do fator previdenciário no projeto que reajusta as aposentarias acima do mínimo. Com isso, o texto deverá voltar para a Câmara, depois de aprovado pelo Senado. Entretanto, o peemedebista não detalhou qual cálculo será utilizado para substituir o fator previdenciário derrubado na Câmara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.