Jucá anuncia acordo para PSDB presidir CPI dos Cartões

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou hoje que houve acordo e o PSDB vai presidir a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista que vai investigar o uso dos cartões corporativos. Jucá anunciou o entendimento logo depois da reunião com o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, e o líder do governo na Câmara, Henrique Fontana (PT-RS), no Palácio do Planalto. "A base chegou a um entendimento. Vamos dividir o comando da CPI", disse. "Entendimento em política é sempre melhor do que uma briga", completou. Ele disse que o governo não fez nenhuma imposição para o PSDB escolher o presidente da CPI. Entre os nomes cotados no PSDB para presidir a CPI estão os senadores Marisa Serrano (MS) e Marconi Perillo (GO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.