Jovens fazem protesto na Câmara de Guarulhos

Pelo menos dez jovens invadiram o plenário da Câmara Municipal de Guarulhos, na Grande São Paulo, na tarde desta terça-feira, 27, para pedir o prosseguimento das investigações sobre possíveis irregularidades administrativas cometidas pelo prefeito da cidade Sebastião Almeida (PT). Almeida é suspeito de desviar verbas públicas.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 00h07

Os manifestantes se acorrentaram uns aos outros como forma de protesto. Eles temem que as investigações sejam arquivadas sem a instalação de uma Comissão Processante.

Os jovens entraram no plenário às 14 horas e só abandonaram a Mesa Diretora dos trabalhos após o presidente da Câmara, vereador Alan Neto (PSC), pedir que o grupo ocupasse as cadeiras reservadas aos assessores.

Sem citar números, a Guarda Civil Municipal confirmou que algumas pessoas permaneciam acorrentadas dentro da Câmara, por volta das 22h30. A Polícia Militar também está no local.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoGuarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.