José Serra deve ser candidato único na pré-convenção do PSDB

O presidente nacional do PSDB, deputado José Aníbal, disse que o governador do Mato Grosso, Dante de Oliveira, desistiu de disputar a indicação do partido à presidência de República, como fez o governador do Ceará, Tasso Jereissat e o ministro da Educação, Paulo Renato Souza. Desta forma, o PSDB concentra agora todos os seus esforços para a candidatura de José Serra.A sucessão presidencial e as eleições de 2002 foram o tema do jantar, no Palácio da Alvorada, entre FHC, os governadores Tasso Jereissati, Dante de Oliveira, Geraldo Alckmin e Albano Franco e o ministros da Justiça, Aloysio Nunes Ferreira, das Comunicações, Pimenta da Veiga e o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Arthur Virgílio. Segundo Aníbal, a decisão de Tasso de deixar a disputa não foi colocada como sendo temporária. Assim, o governador do Ceará não vai participar da pré-convenção do PSDB, em 24 de fevereiro, quando o partido deverá homologar a candidatura única do ministro da Saúde, José Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.