José Maria, do PSTU, gastou R$ 37 mil na campanha

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou a receber as prestações de contas dos políticos que disputaram a Presidência da República. O primeiro a informar os seus gastos foi o candidato do PSTU, José Maria. Ele disse que gastou cerca de R$ 37 mil com a campanha. Ao registrar sua candidatura, José Maria informou que poderia gastar até R$ 200 mil. Os outros candidatos eliminados no primeiro turno têm até o dia 5 de novembro para encaminhar suas prestações de contas ao TSE. O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e seu adversário no segundo turno, José Serra, podem prestar contas até o dia 26 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.