José Genoino é levado para casa de filha em Brasília

O deputado federal licenciado José Genoino (PT-SP) recebeu alta no início da manhã deste domingo, 24, e deixou o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal, onde estava internado, por volta das 6h30.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

24 de novembro de 2013 | 09h53

Genoino teria deixado o IC-DF em carro de passeio e seguiu para a casa de uma de suas filhas, que mora em Brasília. Ele aguarda o resultado de uma avaliação médica realizada ontem, a pedido da Justiça, para determinar se ele tem condições de cumprir sua pena na penitenciária ou se deverá ser encaminhada para prisão domiciliar, como pleiteia.

O boletim médico que dá conta da alta de Genoino afirma que o deputado condenado no processo do mensalão "apresentou melhora nos níveis de pressão arterial e dos parâmetros de coagulação sanguínea".

Quadro de saúde

Até quinta-feira passada, 19, o ex-presidente do PT estava no complexo penitenciário da Papuda, em Brasília, quando se sentiu mal e foi encaminhado ao Instituto de Cardiologia. Um comunicado emitido no dia seguinte pelo hospital descartou a possibilidade do deputado licenciado ter sofrido enfarte do miocárdio, mas ressaltou que ele deveria permanecer internado até a sua pressão arterial estar controlada, de modo a não comprometer o resultado de uma cirurgia de dissecção de aorta realizada por Genoino em meados deste ano.

Ontem, um novo boletim médico apontou melhora no quadro de saúde do deputado, mas informou que ele permaneceria internado para observação.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaogenoinoalta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.