José Alencar melhora, mas continua internado

O vice-presidente José Alencar, internado na tarde de sábado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, permanece em tratamento e apresenta melhora no quadro de enterite, uma inflamação intestinal, segundo boletim divulgado na tarde de ontem pelo hospital. Assinado pelo diretor técnico hospitalar, Antonio Carlos Onofre de Lira, o boletim não informa, no entanto, a previsão de alta.A equipe que assiste o vice-presidente é composta pelos médicos Paulo Hoff, Roberto Kalil Filho, Marcel Cerqueira César Machado e Raul Cutait. Alencar foi internado no sábado depois de sentir fortes dores abdominais durante a cerimônia de formatura dos cadetes da Academia Militar de Agulhas Negras, em Resende, no Rio de Janeiro.Os médicos constataram quadro de enterite, uma inflamação do intestino delgado causada por infecção viral ou bacteriana.O vice-presidente já havia sido internado no Sírio-Libanês em setembro, quando foi submetido a uma cirurgia para tratamento de um tumor abdominal. Foi a terceira cirurgia pela qual passou o vice-presidente na luta contra o câncer - que ele enfrenta desde 2006.Em janeiro, Alencar também esteve internado no mesmo hospital para tratamento quimioterápico.Apesar de não haver previsão de alta, a agenda do vice-presidente não foi alterada. Estava prevista para esta tarde, às 15h30, a gravação de entrevista no Programa do Jô, da TV Globo. Até a tarde de ontem a programação estava mantida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.