José Alencar deu entrada no hospital no domingo

Presidente Lula chegou a antecipar sua volta ao País por conta das informações sobre o seu estado de saúde

Moacir Assunção, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2009 | 17h04

O vice-presidente da República, José Alencar, voltou, entre a noite de domingo, e a manhã de ontem, ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para fazer exames. Alencar enfrenta desde 1997 um câncer no abdome e já fez 15 cirurgias na luta contra a doença. Segundo informações obtidas pelo Estado, Alencar chegou ao hospital na noite de domingo ao hospital, dormiu lá, e de manhã, fez vários exames, saindo por volta das 10 horas do local e seguindo para seu apartamento no bairro dos Jardins. De acordo com seu chefe de gabinete, Adriano Silva, os exames foram de rotina.

 

O fato é que tem aumentado a preocupação com a saúde do vice-presidente. O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, chegou a antecipar sua volta ao País por conta das informações sobre o seu estado de saúde. Lula participava da reunião da Unasul, em Quito, no Equador, quando, segundo o presidente equatoriano Rafael Correa, decidiu voltar ao Brasil. Alencar deve continuar em São Paulo e, na quinta, retornará ao Sírio-Libanês para novos exames.

 

Alencar, de 77 anos, enfrenta desde 1997 a doença e já fez 15 cirurgias - a última, no dia 24 de julho, foi uma colostomia, procedimento em que o paciente usa uma bolsa do lado externo da pele para desobstruir o intestino. Ele também se submete a um tratamento experimental no centro M. D. Anderson, em Houston, nos Estados Unidos. Na semana passada, o médico oncologista Paulo Hoff, que acompanha seu tratamento, confirmou que o vice-presidente passaria por um acompanhamento mensal do seu estado de saúde, com exames uma vez por semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.